Trekking Vale do Pati

  • Cinco dias

    Trekking Vale do Pati 5 dias

    A opção preferida dos nossos clientes, sendo o pacote mais procurado. Em cinco dias os visitantes irão conhecer os mais belos atrativos do vale encantado, o percurso aproximado é de 70 km, com caminhada prazerosa pelos Campos Gerais, subida ao Morro do Castelo, ponto culminante do Pati, passagem pela Gruta do Morro do Castelo e vista sem igual do Mirante da Lapinha, banhos de cachoeiras, vista dos mais belos vales e cânions, e ainda vai ver a segunda maior cachoeira da chapada, o cachoeirão com quase 300 metros em queda livre, essa será sem dúvida uma aventura insequecível.

    Todos os roteiros inclui: Transporte ida e volta, Alimentação completa, Hospedagem em casas de apoio, não precisa levar barracas nem sacos de dormir, Guia especializado.
    Faça o agendamento com antecedência, evite fechar de última hora, os leitos nas casas de apoio são limitados.

    Descritivo dos Passeios dia a dia

    Dia 01 - Serra do Beco / Gerais do Rio Preto / Rio Preto / Mirante da Rampa - A aventura começa com transporte até o início da trilha num percurso aproximado de 40 a 90 km em estrada de terra. A caminhada inicia em nível alto com subida a Serra do Beco, após a subida os visitantes estarão nos campos Gerais do Rio Preto, uma vasta planície de onde será possível avistar o Morro do Castelo, caminhada segue até o Rio Preto com parada para banho depois seguiremos até o Mirante da Rampa, o cartão de boas vindas do Pati, do alto do Mirante os visitantes avistarão toda a extensão do vale, após a contemplação inicia a descida da Rampa, onde é necessário muito cuidado e atenção devido ao elevado grau de inclinação, após a descida seguiremos para a casa dos nativos que nos recebem com muita hospitalidade e alegria, teremos uma convivência com os nativos do Pati, também chamado de Patiseiros. Pernoite no local.

    Dia 02 - Cachoeirão / Córrego das Laranjeiras / Gerais do Rio Preto / Vale do Cachoeirão - A caminhada começa em nivel elevado com subida ao Morro do Cruzeiro, após a subida pegaremos uma descida até o córego das laranjeiras, e subida pela Serra da Rampa até atingirmos os Campos Gerais do Rio Preto, com bela vista rumo até a maior cachoeira do Pati e segunda maior da Chapada, o Cachoeirão tem cerca de 300 metros de queda livre e um vale que deixam os visitantes encantados com a vista, o Vale do Cachoeirão é um dos pontos mais fotografados do Pati devido a sua grande beleza, em dias de chuva os visitantes poderão ver no Cachoeirão até 26 quedas d'água, é um espetáculo da natureza, após a visita ao Cachoeirão seguiremos para o Poço do Cachoeirão com parada para banho. Após o banho pegaremos o caminho até o Mirante Arrodeio. Em seguida te caminhada até a casa de apoio.

    Dia 03 - Morro da Castelo / Gruta do Morro do Castelo / Mirante de Cima / Mirante da Lapinha / Cachoeiras - Subiremos a maior elevação do Pati, o Morro do Castelo, a subida requer esforço, cuidados e atenção, após a subida passaremos pela gruta do Morro do Castelo, em seguida iremos até o Mirante da Lapinha local que deixam os visitantes ancantados com tamanha beleza do Vale da Lapinha e parte do pati de Baixo, em seguida iremos até o ponto mais alto que se pode chegar embora não seja o topo, faremos o nosso lanche nas alturas com uma belíssima vista dos Gerais do Vieira, Cachoeira do Funil, Serra da Rampa e parte do Morro do Castelo, é beleza para todo lado que olhar. Após lanhce e contemplação pegaremos o caminho de volta e após adescida seguiremos para as cachoeiras do Funil e Lagedo, após o banho seguiremos de volta par a casa de apoio.

    Dia 04 - Prefeitura / Poço da Árvore / Poço da Casa de Dona Linda / Casa de apoio - Um dia de passeio mais leve com pouca dificuldade para os visitantes. Seguiremos até a casa do morador Jailson, próximo a casa dele tem uma casa que funcionava como uma subprefeitura da cidade de Andaraí, por esse motivo o local ficou conhecido como Prefeitura. Parada para fotos e contemplação do Morro do Castelo que visto da Prefeitura tem uma vista impressionante no formato de um castelo. Após contemplação seguiremos para o Poço da Árvore, com parada para banho e lanche, após banho seguiremos para o poço da casa de Dona Linda, um grande poço que nos convida ao banho, ótimo para boas braçadas, após o banho seguiremos para a casa de apoio do Sr Jóia, mas antes tem vista para a Ladeira do Império onde avistaremos o nosso último pr do sol no Vale Encantado.

    5° DIA - Ladeira do Império / Mirantes na Ladeira do Império / Boa Vista / Andaraí - Chega a hora de deixar o vale mas com a certeza de voltar novamente, seguiremos em direção a Ladeira do Império, toda calçada em pedras tem extensão aproximada de 16 km, a caminhada inicia em nivel baixo com a travessia do Rio Pati por uma ponte, em seguida tem passagem por áreas planas, aos poucos a dificuldade vai aumentando até chegar no nivel alto. No meio da ladeira os visitantes terão uma das mais belas vistas do Vale e também uma das mais fotografadas pelos visitantes, nesse ponto avistaremos a Serra do Sobradinho, o Morro do Castelo, o Vale do Cachoeirão, Parte do Vale dos Guaribas e até a Rampa do Caim. Ao chegar ao topo da Ladeira do Império avistaremos a cachoeira do Rio Baiano e a Serra do Ramalho, a caminhada segue agora em descida com parada em um lugar conhecido como Boa Vista local de onde avistaremos a cidade de Andaraí. O Pati ficou para trás, a caminhada segue em descidas até a cidade e Andaraí. 

    misto

    Clique aqui para ver o nosso regulamento quanto a política de reservas e cancelamentos. 

  • Cinco dias mais Buracão

    Trekking Vale do Pati 5 dias / Cachoeira do Buracão - Seis dias

    Em seis dias os visitantes irão conhecer os mais belos atrativos do vale encantado, com caminhada prazerosa pelos Campos Gerais do Rio Preto, subida ao Morro do Castelo, ponto culminante do Pati, banhos de cachoeiras, vista dos mais belos vales e cânions, e ainda vai visitar o Cachoeirão, a segunda maior cachoeira da chapada com quase 300 metros em queda livre, essa será sem dúvida uma aventura insequecível, e para finalizar ainda tem visita a Cachoeira do Buracão, uma das cachoeiras mais procuradas da Chapada Diamantina.

    Todos os roteiros inclui: Transporte ida e volta, Alimentação completa, Hospedagem em casas de apoio, não precisa levar barracas nem sacos de dormir, Guia especializado.
    Faça o agendamento com antecedência, evite fechar de última hora, os leitos nas casas de apoio são limitados.

    Descritivo dos Passeios dia a dia

    1° Dia - Serra do Beco / Gerais do Rio Preto / Rio Preto / Mirante da Rampa - Após o café da manhã inicia a aventura com transporte até o início da trilha num percurso aproximado de 40 a 90 km em estrada de terra. A caminhada inicia em nível alto com subida a Serra do Beco, após a subida os visitantes estarão nos campos Gerais do Rio Preto, uma vasta planície de onde será possível avistar o Morro do Castelo, banho no Rio Preto e caminhada até o Mirante da Rampa, o cartão de boas vindas do Pati, do alto do Mirante os visitantes avistarão toda a extensão do vale, após a contemplação inicia a descida da Rampa, onde é necessário muito cuidado e atenção devido ao elevado grau de inclinação, após a descida seguiremos para a casa dos nativos que nos recebem com muita hospitalidade e alegria, teremos uma convivência com os nativos do Pati, também chamado de Patiseiros. Pernoite no local.

     2° Dia - Cachoeirão / Córrego das Laranjeiras / Gerais do Rio Preto / Vale do Cachoeirão - Após o café da manhã caminhada em nivel elevado com subida ao Morro do Cruzeiro, após a subida pegaremos uma descida até o córego das laranjeiras, e subida pela Serra da Rampa até atingirmos os Campos Gerais do Rio Preto, com bela vista rumo até a maior cachoeira do Pati, o Cachoeirão com cerca de 300 metros de queda livre e um vale que deixam os visitantes encantados com a vista do local, o Vale do Cachoeirão é um dos pontos mais fotografados do Pati devido a sua grande beleza, em dias de chuva os visitantes poderão ver no Cachoeirão até 26 quedas d'água, é um espetáculo da natureza, após a visita ao Cachoeirão seguiremos para o Poço do Cachoeirão com parada para banho e refrescar. Após o banho pegaremos o caminho de volta para o alojamento.

     3° Dia - Morro da Castelo / Gruta do Morro do Castelo / Mirante de Cima / Mirante de Baixo / Cachoeiras - Subida a maior elevação do Pati, o Morro do Castelo, a subida requer esforço, cuidados e atenção, após a subida os visitantes passarão por uma caverna, é a caverna do Morro do Castelo, e após atravessar a caverna os visitantes estarão no Mirante de Cima Morro do Castelo, lá do alto os visitantes terão uma vista completa do Pati pelo alto, onde avistarão os Gerais do Rio Preto, Gerais do Vieira, as Cachoeiras dos Funis, Lajedo, Calixto, Serra da Rampa e toda cadeia montanhosa que envolve o Pati. Em seguida iremos para o Mirante de Baixo do Morro do Castelo local onde teremos uma bela vista do Rio Calixto e do seu encontro com o Rio Pati. Após a contemplação inicia a descida do Morro do Castelo, depois da descida do Morro do Castelo, banho no Rio Pati e volta para a casa de apoio.

     4° Dia - Prefeitura / Poço da Árvore / Poço da Casa de Dona Linda / Casa de apoio - Um dia de passeio mais leve com pouca dificuldade para os visitantes. Após o café da manhã é hora de seguiremos até a casa do morador Jailson, próximo a casa de Seu Jaílson tem uma casa que funcionava como uma subprefeitura da cidade de Andaraí, a casa existe até os dias atuais por esse motivo o local ficou conhecido como Prefeitura. Parada para fotos e contemplação do Morro do Castelo que visto da Prefeitura tem uma vista impressionante. Após contemplação seguiremos para o Poço da Árvore, com parada para banho e lanche, após banho seguiremos para o poço da casa de Dona Linda, um grande poço que no convida ao banho, ótimo para boas braçadas, após o banho seguiremos para a casa de apoio. 

     5° Dia - Ladeira do Império / Serra do Ramalho / Boa Vista / Andaraí / Transfer para Ibicoara - Chega a hora de deixar o vale encantado com voltade de voltar novamente, seguiremos em direção a Ladeira do Império, a Ladeira do Império é toda calçada e tem extensão aproximada de 16 km, a caminhada inicia em nivel baixo com áreas planas, mas aos poucos a dificuldade vai aumentando até chegar no nivel alto. Ao chegar ao meio da ladeira os visitantes terão uma das mais belas vistas do Vale e também uma das mais fotografadas pelos visitantes, nesse ponto os visitantes avistarão a Serra do Sobradinho, o Morro do Castelo, o Vale do Cachoeirão, Parte do Vale dos Guaribas e até a Rampa do Caim. Ao chegar ao topo da Ladeira do Império os visitantes avistarão uma grande cachoeira e a Serra do Ramalho, a caminhada segue agora em descida com parada em um lugar conhecido como Boa Vista local de onde avistaremos a cidade de Andaraí. O Pati ficou para trás, a caminhada segue em descidas até a cidade e Andaraí, em seguida transfer para a cidade e Ibicoara com pernoite naquela cidade. 

     6° Dia - Rio Espalhado / Cachoeirinha do Buracão / Cachoeira das Orquídeas / Cachoeira do Recanto Verde / Cachoeira do Buracão / Mirante Campor Redondo / Transfer para  a cidade de Lençóis - Após o café da manhã em Ibicoara, seguiremos de carro até o início da trilha, a caminhada é plana em quase todo o seu percurso com passagem pelo Rio Espalhado, em seguida visita a Cachoeirinha do Buracão, uma réplica do atrativo principal do dia, em seguida visita a Cachoeira das Orquídeas, e a Cachoeira do Recanto Verde até chegarmos aos início do Cânion do Buracão, onde os visitantes deverão usar os equipamentos obrigatórios (Coletes salva-vidas) antes de seguira para a Cachoeira, atravessaremos o canion até avistarmos a queda d'água que despenca de uma altura de 86 metros, seguida de um grande poço que nos convida ao banho, após o banho pegaremos a mesma trilha de volta até o carro, seguuiremos de carro até o Mirane Campo Redondo, local de onde avistaremos por do sol, após o por do sol seguiremos para a cidade de Ibicoara e em seguida transfer para a cidade de Lençóis.

    misto

    Clique aqui para ver o nosso regulamento quanto a política de reservas e cancelamentos.

  • Cinco dias mais Buracão mais Poço Azul e Poço Encantado

    Vale do Pati 5 dias / Cachoeira do Buracão / Poço Azul / Poço Encantado - Pacote de 7 dias

    O percurso total aproximado é de 80 km, durante a travessia os visitantes irão conhecer os mais belos lugares com caminhada prazerosa pelos Campos Gerais, subida aos ponto culminante do Pati, o Morro do Castelo, Banhos de Cachoeiras, vista dos mais belos vales e cânions, e ainda vai ver a segunda maior cachoeira da chapada com quase 300 metros em queda livre, essa será sem dúvida uma aventura insequecível, visita a Cachoeira do Buracão e mpra fechar tem visita aos Poços Azul e o Poço Encantado.

    Trabalhamos apenas com agendamentos, não temos como atender clientes que chegam de última hora, podemos não ter disponibilidade de devido a grande procura.
    Início: Palmeiras, Lençóis - Fim: Lençóis - Percurso de carro ida - Vale do Pati: de 40 a 90 km - Percurso total de Trilha: 80 km
    Obs: O percurso de carro pode variar paa mais a depender das saídas.

    Todos os roteiros inclui: Transporte ida e volta, Alimentação completa, Hospedagem em casas de nativos, Hospedagem em Mucugê ou Ibicoara, Guias especializados. 

    DESCRITIVO 

    1° DIA - Serra do Beco / Gerais do Rio Preto / Rio Preto / Mirante da Rampa - A aventura com transporte até o início da trilha num percurso aproximado de 40 a 90 km em estrada de terra. A caminhada inicia em nível alto com subida a Serra do Beco, após a subida os visitantes estarão nos campos Gerais do Rio Preto, uma vasta planície de onde será possível avistar o Morro do Castelo, banho no Rio Preto e caminhada até o Mirante da Rampa, o cartão de boas vindas do Pati, do alto do Mirante os visitantes avistarão toda a extensão do vale, após a contemplação inicia a descida da Rampa, onde é necessário muito cuidado e atenção devido ao elevado grau de inclinação, após a descida seguiremos para a casa dos nativos que nos recebem com muita hospitalidade e alegria, teremos uma convivência com os nativos do Pati, também chamado de Patiseiros. Pernoite no local. 

    2° DIA - Cachoeirão / Córrego das Laranjeiras / Gerais do Rio Preto / Vale do Cachoeirão - Após o café da manhã caminhada em nivel elevado com subida ao Morro do Cruzeiro, após a subida pegaremos uma descida até o córego das laranjeiras, e subida pela Serra da Rampa até atingirmos os Campos Gerais do Rio Preto, com bela vista rumo até a maior cachoeira do Pati, o Cachoeirão com cerca de 300 metros de queda livre e um vale que deixam os visitantes encantados com a vista do local, o Vale do Cachoeirão é um dos pontos mais fotografados do Pati devido a sua grande beleza, em dias de chuva os visitantes poderão ver no Cachoeirão até 26 quedas d'água, é um espetáculo da natureza, após a visita ao Cachoeirão seguiremos para o Poço do Cachoeirão com parada para banho e refrescar. Após o banho pegaremos o caminho de volta para o alojamento. 

    3° DIA - Morro da Castelo / Gruta do Morro do Castelo / Mirante de Cima / Mirante de Baixo / Cachoeiras - Subida a maior elevação do Pati, o Morro do Castelo, a subida requer esforço, cuidados e atenção, após a subida os visitantes passarão por uma caverna, é a caverna do Morro do Castelo, e após atravessar a caverna os visitantes estarão no Mirante de Cima Morro do Castelo, lá do alto os visitantes terão uma vista completa do Pati pelo alto, onde avistarão os Gerais do Rio Preto, Gerais do Vieira, as Cachoeiras dos Funis, Lajedo, Calixto, Serra da Rampa e toda cadeia montanhosa que envolve o Pati. Em seguida iremos para o Mirante de Baixo do Morro do Castelo local onde teremos uma bela vista do Rio Calixto e do seu encontro com o Rio Pati. Após a contemplação inicia a descida do Morro do Castelo, depois da descida do Morro do Castelo, banho no Rio Pati e volta para a casa de apoio. 

    4° DIA - Prefeitura / Poço da Árvore / Poço da Casa de Dona Linda / Casa de apoio - Um dia de passeio mais leve com pouca dificuldade para os visitantes. Após o café da manhã é hora de seguiremos até a casa do morador Jailson, próximo a casa de Seu Jaílson tem uma casa que funcionava como uma subprefeitura da cidade de Andaraí, a casa existe até os dias atuais por esse motivo o local ficou conhecido como Prefeitura. Parada para fotos e contemplação do Morro do Castelo que visto da Prefeitura tem uma vista impressionante. Após contemplação seguiremos para o Poço da Árvore, com parada para banho e lanche, após banho seguiremos para o poço da casa de Dona Linda, um grande poço que no convida ao banho, ótimo para boas braçadas, após o banho seguiremos para a casa de apoio. 

    5° DIA - Ladeira do Império / Serra do Ramalho / Boa Vista / Andaraí / Transfer para Ibicoara - Chega a hora de deixar o vale encantado com voltade de voltar novamente, seguiremos em direção a Ladeira do Império, a Ladeira do Império é toda calçada e tem extensão aproximada de 16 km, a caminhada inicia em nivel baixo com áreas planas, mas aos poucos a dificuldade vai aumentando até chegar no nivel alto. Ao chegar ao meio da ladeira os visitantes terão uma das mais belas vistas do Vale e também uma das mais fotografadas pelos visitantes, nesse ponto os visitantes avistarão a Serra do Sobradinho, o Morro do Castelo, o Vale do Cachoeirão, Parte do Vale dos Guaribas e até a Rampa do Caim. Ao chegar ao topo da Ladeira do Império os visitantes avistarão uma grande cachoeira e a Serra do Ramalho, a caminhada segue agora em descida com parada em um lugar conhecido como Boa Vista local de onde avistaremos a cidade de Andaraí. O Pati ficou para trás, a caminhada segue em descidas até a cidade e Andaraí, em seguida transfer para a cidade e Ibicoara com pernoite naquela cidade. 

    6° DIA - Rio Espalhado / Cachoeirinha do Buracão / Cachoeira das Orquídeas / Cachoeira do Recanto Verde / Cachoeira do Buracão / Mirante Campor Redondo / Pernoite em Ibicoara ou Mucugê - Após o café da manhã em Ibicoara, seguiremos de carro até o início da trilha, a caminhada é plana em quase todo o seu percurso com passagem pelo Rio Espalhado, em seguida visita a Cachoeirinha do Buracão, uma réplica do atrativo principal do dia, em seguida visita a Cachoeira das Orquídeas, e a Cachoeira do Recanto Verde até chegarmos ao Cânion do Buracão, onde os visitantes deverão usar os equipamentos obrigatórios (Coletes salva-vidas) antes de seguir para a Cachoeira, atravessaremos o canion até avistarmos a queda d'água que despenca de uma altura de 86 metros, seguida de um grande poço que nos convida ao banho, após o banho pegaremos a mesma trilha de volta até o carro, seguiremos de carro até o Mirante Campo Redondo, local de onde avistaremos por do sol, após o por do sol seguiremos para a cidade de Ibicoara e em seguida transfer para a cidade de Mucugê.

    7° DIA - Cemitério Bizantino / Poço Encantado / Poço Azul / Transfer para Lençóis - Em Mucugê fica o Cemitério Bizantino onde faremos uma visita, único no estilo na Chapada Diamantina, após a visita ao Cemitério seguiremos para o Poço Encantado, no local, desceremos até um caverna onde está o Poço, a cor da água é azul encanta a todos os vistantes, nos meses de abril a setembro o sol atravessa parte da caverna e alcança a água, o que deixa o lugar ainda mais encantado, hoje o poço azul é um dos lugares mais visitados da chapada. Após a visitação no Poço Encantado seguiremos por uma hora em direção ao Poço Azul, parada para banho e flutuação nas águas de um rio subterrãneo que se encontra com o Rio Paraguaçú, também nos meses de abril a setembro o raio de sol atinge a caverna e deixa o lugar ainda mais bonito. Após o banho parada para lanche e em seguida iremos para a cidade de Lençóis ou Palmeiras. 

    misto

    Clique aqui para ver o nosso regulamento quanto a política de reservas e cancelamentos.

  • Como é a estrutura no Vale do Pati?

    Como é a estrutura no Vale do Pati?

    Ao chegarmos na casa dos nativos, após uma longa caminhada, recomendamos logo se acomodar em um dos quartos disponíveis e tomar banho. Os quartos podem ser duplos, triplos ou coletivos, fazendo uso de beliches. Os banheiros são simples, com água fria. 
    Ao solicitar a reserva, trataremos de reservar o quarto de sua preferência, mas deve ter a ciência de que um nativo do Pati não deixa nenhum visitante dormir ao relento.

    A energia que ilumina as áreas comuns (sala de jantar e banheiros, por exemplo) são oriundas de poucas placas de energia solar. Algumas tomadas podem ser utilizadas para recarregar a bateria de sua câmera fotográfica. Em algumas partes das casas e nos quartos, a iluminação pode ser à luz de velas.

    Para sua comodidade, na casa dos nativos são oferecidos cobertores, roupa de cama e toalha, o que reduz muito o peso da mochila a ser transportada.

  • Como é o clima no Vale do Pati?

    Como é o clima no Vale do Pati?

    Varia de períodos bem quentes e secos com sol forte a outros com chuva intensa.
    Em períodos quentes e secos, atrativos como Cachoeirão podem não ter água. Há necessidade maior de hidratação e maior exposição solar. Por outro lado, poderá fotografar tudo com mais facilidade e sem correr o risco de danificar sua câmera fotográfica, caso ela não seja à prova d'água. Com calor intenso, o banho de cachoeira se torna ainda mais prazeroso.
    Em períodos chuvosos, há muita lama nas trilhas e ventos fortes nas áreas mais abertas. Em algumas épocas do ano, o vento é frio. Embora a caminhada seja um pouco mais difícil, o visitante é recompensado com cachoeiras com maior volume de água e o Cachoeirão pode chegar a sua magnitude: cerca de 26 cachoeiras com até 300 metros de altura.
    Para sua segurança, o planejamento inicial pode sofrer alterações conforme mudanças climáticas. Inclusive, pode haver cancelamento de visitas em dias chuvosos ou quando as suas condições de saúde não permitem que concretize o roteiro.
    Locais de subidas íngremes são evitados em dias chuvosos, por exemplo, não só pela dificuldade em caminhar, mas pela perca de visão a partir das mais altas montanhas. Com rios mais cheios, a atenção deve ser redobrada ao caminhar e ao atravessá-los.

    Clima no Pati

  • Como são as trilhas pelo Vale do Pati

    Como são as trilhas pelo Vale do Pati

    São abertas na maior parte da travessia. Portanto, há exposição solar durante quase toda a caminhada. Alguns trechos são planos, outros possuem desníveis íngremes sobre pedras soltas, passagens construídas na época do garimpo ou piçarras (terra misturada com pedra e areia que se torna muito escorregadia em dias chuvosos) e trechos de caminhada pelo leito de rio.

    Gerais do Rio Preto

  • O que levar para o Vale do Pati?

    O que levar para o Vale do Pati? 

    1. Mochila confortável de 30, 40 ou 50 litros com capa de chuva;
    2. Mochila de ataque
    3. Bota ou tênis previamente amaciado. Os calçados impermeáveis podem trazer mais conforto ao atravessar um rio ou trechos com lama, além de protegê-los da criação de bolhas;
    4. Roupas leves e confortáveis para caminhar, sendo bermuda ou calça (ou calça-bermuda, com zíper);
    5. Camisetas de secagem rápida (1 em uso e 2 extras);
    6. Luvas para se proteger das pedras durante as subidas e descidas
    7. Pijama ( Dica: leve uma camiseta que sirva de pijama e que possa ser usada no último dia de trilha. Já reduz o peso);
    8. Pares de meias apropriadas para atividade para evitar bolhas (1 em uso e 2 extras). Manter os pés secos protege contra bolhas; ( Dica: Durante as caminhadas use uma meia macia e uma meia espessa por cima da meia macia, dessa maneira você evitará bolhas e calos em seus pés);
    9. Uma canga ou toalha de secagem rápida;
    10. Roupa de banho;
    11. Capa de chuva;
    12. Par de chinelo;
    13. Kit para higiene pessoal em frascos pequenos. Xampus e sabonetes só podem ser utilizados nas casas dos nativos;
    14. Medicamentos de uso pessoal (guias não podem medicar);
    15. Chapéu ou boné com proteção para o pescoço e rosto
    16. Protetor solar e repelente;
    17. Câmera fotográfica e carregador de bateria (opcional);
    18. Lanterna (opcional);
    19. Cantil ou garrafa de 1,5 litros. O guia orientará onde enchê-lo no caminho. Na casa dos nativos poderá pegar água dos filtros de barro;
    20. Saco de lixo. Você é responsável pelos resíduos que produz. Traga de volta o seu lixo.
    21. Bastão para auxiliá-lo na caminhada (opcional).
  • Quais atrativos podem ser visitados?

    Quais atrativos podem ser visitados?

    Cachoeirão, Cachoeira dos Funis, Lajeado, Morro do Castelo, Gerais do Vieira e Rio Preto, Cachoeira do Calixto, Igrejinha, Casa de Nativos, Descida da Boa Vista, entre outros, são os mais visitados. Quanto mais tempo você permanecer no Vale, mais atrativos conhecerá. Recomendamos um mínimo de 4 dias e 3 noites para ter uma ideia da grandiosidade e exuberância desta região.

    Atenção! Para visita a muitos desses lugares, há relativa exposição à altura e a necessidade de bom condicionamento físico e psicológico.

     

    Vale do Cachoeirão

  • Qual a distância e as dificuldades?

    Distâncias e dificuldades 

    De 10 a 25 km por dia, com nível de dificuldade variando de leve (nos terrenos planos), intermediário (caminhada no leito de rio, com superação de alguns obstáculos) a avançado (pedras escorregadias, subidas e descidas íngremes).
    A depender do passeio do dia os visitantes enfrentarão todos os níveis de dificuldade em apenas um dia.

  • Qual a melhor época para visitar o Vale do Pati

    Qual a melhor época para visitar o Vale do Pati?

    Faça chuva ou faça sol o Pati pode ser visitado o ano todo.
    Devido aos microclimas, influenciados principalmente pela hidrografia e relevo da Chapada Diamantina, e as conseqüências das transformações pelo mundo, está cada vez mais difícil definirmos estes períodos por aqui. Temos nos surpreendido muito com as respostas da natureza nos últimos anos. Por precaução, venha preparado para as oscilações de temperatura e dias de chuva.

  • Qualquer pessoa pode fazer os passeios no Vale do Pati?

    Qualquer pessoa pode fazer os passeios no Vale do Pati?

    Quem somos nós para decidir se você é capaz de realizar a trilha ou não? O que fazemos é alertar você quanto às distâncias, dificuldades e a necessidade de você estar com um bom condicionamento físico para fazer de sua visita a melhor experiência da sua vida. 
    Caso na sua avaliação se considere uma pessoa sedentária, podemos personalizar a trilha, aumentando o número de dias e reduzindo a quilometragem de caminhada em alguns dos dias. De qualquer modo, você não ficará livre das subidas e descidas e longas distâncias. Portanto, é importante que seja sincero ao nos passar informações sobre você.

  • Quanto tempo dura a trilha do dia?

    Quanto tempo dura a trilha do dia?

    Depende do ritmo de caminhada e o horário do início. No primeiro dia de trilha devido ao transporte os passeios tem tempo de duração variados, uns podem terminar por volta das 15 horas e outros poderão terminar por volta das 16-17h. Nos demais dias, já dentro do Pati, os passeios iniciam por volta de 8h e terminam no em torno das 15 às 17 horas, os passeios demoram muito devido a paradas estratégicas para fotos, descanso, lanche e banhos. Quando o tempo está nublado ou chuvoso, avaliamos a situação e podemos sair mais tarde. A média diária de caminhada é de 6h.
    Na atividade em grupo, devemos respeitar o ritmo que seja confortável a todos. Não estaremos numa maratona, portanto, as limitações dos participantes devem ser consideradas. Inclusive, é muito importante comunicar os seus sentidos ao guia para que ele possa coordenar a atividade e manter todos em segurança. Qualquer dificuldade que tenha, não hesite em avisá-lo.
    Vale lembrar que o ritmo de caminhada será sempre seguido de acordo com aquele que estiver andando mais devagar.

  • Quatro Dias

    Trekking Vale do Pati 4 dias

    Pacote intermediário de quatro dias com visita aos mais belos lugares do Vale do Pati. Nesse pacote os visitantes irão conhecer os Campos Gerais do Rio Preto, Morro do Castelo, Mirante da Rampa, Gruta da Lapinha, Cachoeiras do Funil, Lagedo e o Poço da Arvore, e pra fechar tem a subida da Ladeira do Império com vista paradsíaca e caminhada até a cidade de Andaraí
    Faça o agendamento do seu pacote de passeios com antecedência, evite fechar de última hora, os leitos nas casas de apoio são limitados. 
    Todos os roteiros inclui: Transporte ida e volta, Alimentação completa, Hospedagem em casas de apoio, não precisa levar barracas nem sacos de dormir, Guia especializado.
    Faça o agendamento com antecedência, evite fechar de última hora, os leitos nas casas de apoio são limitados.

    Descritivo dos Passeios dia a dia

    Dia 01 - Serra do Beco / Gerais do Rio Preto / Rio Preto / Mirante do Vale do Pati / Casa de apoio - Após o café da manhã inicia a aventura partindo da cidade e Lençóis ou Palmeiras com transporte até o início da trilha num percurso aproximado de 40 a 90 km em estrada de terra (a depender do nosso ponto de partida que pode ser em Lençóis ou Palmeiras). A caminhada inicia em nível alto com subida a Serra do Beco, após a subida os visitantes estarão nos campos Gerais do Rio Preto uma vasta planície de onde será possível avistar o Morro do Castelo, Morro Branco do Pati e Serra do Sobradinho, banho no Rio Preto e caminhada até o Mirante da Rampa, o cartão de boas vindas do Pati, do alto do Mirante os visitantes avistarão toda a extensão do vale, após a contemplação inicia a descida da Rampa, onde é necessário muito cuidado e atenção, após a descida da Rampa seguiremos para a casa de apoio. 

     

    Dia 02 - Morro do Castelo / Gruta do Morro do Castelo / Mirante da Lapinha / Cachoeiras - Nesse dia subiremos a maior elevação do Vale do Pati, o Morro do Castelo com seus 1.470 metros de altitude, a caminhada começa em nível médio mas aos poucos a dificuldade vai aumentando, passaremos por áreas de mata e uma pequena cascata durante a subida, após a passagem de mata avistaremos a área central do Vale, parada para descanso e contemplação. Em seguida iremos até a Gruta do Morro do Castelo, atravessaremos a mesma, do outro lado iremos até o Mirante da Lapinha com parada para fotos e contemplação, em seguida iremosa até o ponto mais alto que se pode chegar, parada para descanso e contemplação, faremos o nosso lanche nas alturas com vista impressionante para os Gerais do Vieira por um lado, Morro Branco por outro lado, e vista para o Mirante da Rampa e a Cachoeira do Lajedo. Após o lanche desceremos o Morro do Castelo e seguiremos em direção as Cachoeiras dos Funil e Lajedo com parada para banho. Após o banho seguiremos atér o Mirante Morro do Cruzeiro local onde avistaremos o Por do Sol para asism fehcarmos o dia, volta para a casa de apoio.

    Dia 03 - Prefeitura / Vista para o Morro do Castelo / Poço da Arvore / Poço da Casa de Dona Linda / Casa de Apoio - Um dia de caminhadas mais leve com pouca dificuldade para os visitantes. Após o café da manhã é hora de seguiremos até a casa do morador Jailson, próximo a casa dele tem uma casa que funcionava como uma subprefeitura da cidade de Andaraí, a casa existe até os dias atuais por esse motivo o local ficou conhecido como Prefeitura. Parada para fotos e contemplação do Morro do Castelo que visto da Prefeitura tem uma vista impressionante. Após contemplação seguiremos para o Poço da Árvore, com parada para banho e lanche, após banho seguiremos para o poço da casa de Dona Linda, um grande poço que no convida ao banho, ótimo para boas braçadas, após o banho seguiremos para a casa de apoio do Sr Jóia, onde ficaremos de frente para a Ladeira do Império e tereos um bela vista do por do sol.

    4° DIA - Ladeira do Império / Serra do Ramalho / Boa Vista / Andaraí / Transfer para Lençóis - Chega a hora de deixar o vale com grtandes atrações, seguiremos em direção a Ladeira do Império, toda calçada, tem extensão aproximada de 16 km, a caminhada inicia em nivel baixo com áreas planas, mas aos poucos a dificuldade vai aumentando até chegar no nivel alto. Ao chegar ao meio da ladeira os visitantes terão uma das mais belas vistas do Vale e também uma das mais fotografadas por causa da grande beleza, com vista para a Serra do Sobradinho, o Morro do Castelo, o Vale do Cachoeirão, Parte do Vale dos Guaribas e até a Rampa do Caim. Ao chegar ao topo da Ladeira do Império os visitantes avistarão uma grande cachoeira e a Serra do Ramalho, a caminhada segue agora em descida com parada em um lugar conhecido como Boa Vista local de onde avistaremos a cidade de Andaraí. O Pati ficou para trás, a caminhada segue em descidas até a cidade e Andaraí.

    mistoClique aqui para ver o nosso regulamento quanto a política de reservas e cancelamentos.

  • Quem carregará meus pertences?

    Quem carregará meus pertences?

    Você mesmo, exceto se preferir contratar um carregador ou uma mula no ato da reserva, mediante valor adicional que varia de R$ 350,00 a 500,00 a depender da quantidade de pagagem a ser carregada. 
    Mesmo contratando um carregador ou mula, você será o responsável pelos seus pertences.
    Antes de deixar as casas dos nativos, verifique se todos os itens estão na mochila. Não nos responsabilizamos por itens esquecidos e, havendo necessidade de buscá-lo, cobranças extras poderão existir.

    Obs: temos um guia auxiliar para ajudar aos nossos clientes enquanto estiverem no Pati, esse auxiliar irá ajudar você durante as trilhas, e se preciso for ele poderá levar a sua pagagem pelo Pati. (Apenas para travessia com saída pela cidade e Andaraí).

  • Relevo e altitude

    Como é a altitude do Vale do Pati?

    A altitude varia de 1000 a 1600 metros.
    O relevo é compreendido por vales, área de baixa altitude cercada por áreas mais altas, as montanhas.
    Durante a travessia, você visitará tanto os pontos mais baixos quanto estará nas mais altas montanhas.
    A caminhada pelo Pati tem grande variação de relevo, onde os visitantes poderão estar andando em trechos planos e de nível leve como enfrentará também ladeiras íngremes e trilhas elevadas, mas todo o esforço vale a pena pois ao vencer uma grande dificuldade os visitantes terão como recompensa os mais belos panoramas onde o cansaço e esforço passarão por despercebidos.

  • Saídas confirmadas

    Veja aqui as saídas agendadas para o Vale do Pati

     O Vale do Pati voltará a receber visitantes no dia 26 de abril de forma parcial
    Já estamos realizando reservas

    Realizamos passeios em qualquer época do ano para o Vale do Pati, independente da quantidade de pessoas a saída é garantida.
    Agende com a Chapadatur Ecoturismo a sua saída em grupo ou sozinho, estamos preparados para lhe oferecer o melhor serviço com qualidade, segurança e preço justo. 

    Ainda não estamos fazendo reservas para Abril, mas já estamos aceitando reservas para o mês de maio. 

     

  • Seis Dias

    Trekking Vale do Pati seis dias
    Conheça todos os atrativos

    Em seis dias os visitantes irão conhecer todos os atrativos do vale, o percurso aproximado é de 105 km, com caminhada prazerosa pelos Campos Gerais do Vieira e do Rio Preto, subida ao Morro do Castelo, ponto culminante do Pati, banhos de cachoeiras, vista dos mais belos vales e cânions, e ainda vai visitar o cachoeirão com cerca de 300 metros em queda livre é a segunda maior queda d'água da chapada, essa será sem dúvida uma aventura inesquecível.

    Todos os roteiros inclui: Transporte ida e volta, Alimentação completa, Hospedagem em casas de apoio, não precisa levar barracas nem sacos de dormir, Guia especializado.
    Faça o agendamento com antecedência, evite fechar de última hora, os leitos nas casas de apoio são limitados.

    Descritivo dos Passeios dia a dia

    1° Dia - Vale do Capão / Córrego das Galinhas / Gerais do Vieira / Poço do Rancho / Gerais do Rio Preto / Mirante do Pati - Transfer de carro até o início da trilha, a caminhada inicia com uma pequena subida íngreme e logo após a subida forte os visitantes terão uma grande recompensa como a vista do Vale do Bomba, os visitantes seguirão pela vasta planície pelos Campos Gerais do Vieira, com passagem pelo Córrego das Galinhas, e vista sem igual, em uma das mais belas trilhas de acesso para o Vale, antes da subida de acesso ao Gerais do Rio Preto parada para banho e descanso no Poço do Rancho, depois seguiremos pelos Campos Gerais do Rio Preto, uma parte mais alta do Vale e com vista mais bela também, passagem pelo Mirante da Rampa, uma das mais belas vistas do Pati por cima, pernoite na casa dos nativos que nos recebem com muita alegria e hospitalidade.

     2° Dia - Morro do Castelo / Gruta do Morro do Castelo / Mirante de Cima e de Baixo / Cachoeiras - Subida a maior elevação do pati o Morro do Castelo com cerca de 1.500 metros, a subida ao morro tem um grau de dificuldade elevado e requer cuidado por parte dos visitantes para evitar escorregões, ao chegar no pé do Morro os visitantes estarão na entrada de uma grande gruta com cerca de 150 metros por onde deverão passar para chegar aos mirantes do Morro do Castelo. Após atravessarmos a Caverna do Morro do Castelo seguiremos em direção ao Mirante de Cima do Morro do Castelo, lá do alto os visitantes terão uma vista privilegiada de toda a extensão do Vale do Pati, com vista para os Campos Gerais do Vieira, Campos Gerais do Rio Preto, Serra da Rampa, Cachoeira dos Funis, Cachoeira do Lagedo, etc, em seguida iremos para o Mirante de Baixo do Morro do Castelo onde os visitantes terão uma bela vista do Vale do Calixto, e a foz do Rio Calixto, em seguida desceremos o Morro do Castelo. Após a descida do Morro do Castelo, banho nas Cachoeiras dos Funis e cachoeira do Lajedo, e volta para o alojamento.

     3° Dia - Cachoeirão / Morro do Cruzeiro / Córrego das Laranjeiras / Gerais do Rio Preto / Poço do Cachoeirão - Após o café da manhã a caminhada incia em nível alto com subida da Ladeira do Morro do Cruzeiro, após a subida da ladeira seguiremos em direção ao Córrego das Laranjeiras, com parada para abastecer os cantis e se refrescar, a caminhada segue ainda em nível alto com subida a ladeira da Serra da Rampa até atingirmos os Campos Gerais do Rio Preto, a caminhada segue até o Cachoeirão, a maior cachoeira do Pati, com cerca de 300 metros de queda livre, em dias de chuva é possível ver até 26 quedas no Cachoeirão, um fenômeno que deixa a todos os visitantes encantados com grande beleza, o Vale do Cachoeirão é uma é outro atrativo que deixa os visitantes encantados com a vista do local sendo um dos pontos mais fotografados do Pati devido a sua grande beleza, após a visita ao Cachoeirão banho no Poço do Cachoeirão e volta para o alojamento.

     4° Dia - Cachoeira do Calixto / Cachoeira do Palmito / Prefeitura / Poço da Árvore / Casa de Apoio - Um dia com caminhada mais leve e entre as matas para relaxar e aproveitar mais as belezas do Pati, com caminhada de cerca de 3 horas até a Cachoeira do Calixto, uma queda d'água com cerca de 40 metros em vários saltos e um grande poço, que convidam a todos para um banho onde os visitantes poderão dar boas braçadas e contemplar a beleza do local que é pouco visitado pelo fato de a cachoeira ficar numa área mais reservada, após o banho seguiremos para uma outra cachoeiras ainda desconhecida de muitos, a queda d'água tem cerca de 30 metros em vários saltos e um grande poço ideal para boas braçadas, após o banho caminhad até a cachoeria do Palmito, uma outra queda d'água ainda desconhecida da maioria dos guias e visitantes, após banho caminharemos até a casa do Morador Jailson, local também é conhecdo como Prefeitura, da Prefeitura os viistanes avistarão o Morro do Castelo de uma forma diferente, parada para fotos e contemplação, em seugida iremos para o Poço da Arvore com parada para mais um banho e após o banho caminhad até a casa de apoio. 

     5° Dia - Cachoeirão por Baixo / Foz do Cachoeirão / Banho no Rio Cachoeirão - Após um forte e reforçado café da manhã seguiremos em direção ao Cachoeirão por Baixo, a caminhada inicia em nivel baixo, mas aos poucos a dificuldade vai aumentando com passagem por enre matas de encostas, e subida em pedras, após passagem pela mata a caminhada segue pelo leito do rio Cachoeirão, onde os visitantes deverão tomar cuidados para evitar escorregões, estaremos no Cânion do Cachoeirão, os visitantes avistarão a grande cachoeira por baixo, e seus paredões, os visitantes deverão tomar o maior cuidado ao andar pelas pedras que devido a grande umidade se mantém cheias de limo e poderão ocorrer o escorregões, após a contemplação do Cachoeirão os visitantes seguirão rumo a casa de outro morador.

     6° DIA - Ladeira do Império / Mirante da Ladeira do Império / Descida da Boa Vista / Andaraí - Chega a hora de deixar o vale encantado com voltade de voltar novamente, seguiremos em direção a Ladeira do Império, a Ladeira do Império é toda calçada e tem extensão aproximada de 16 km, a caminhada inicia em nivel baixo com áreas planas, mas aos poucos a dificuldade vai aumentando até chegar no nivel alto. Ao chegar ao meio da ladeira os visitantes terão uma das mais belas vistas do Vale e também uma das mais fotografadas pelos visitantes, nesse ponto os visitantes avistarão a Serra do Sobradinho, o Morro do Castelo, o Vale do Cachoeirão, Parte do Vale dos Guaribas e até a Rampa do Caim. Ao chegar ao topo da Ladeira do Império os visitantes avistarão uma grande cachoeira e a Serra do Ramalho, a caminhada segue agora em descida com parada em um lugar conhecido como Boa Vista local de onde avistaremos a cidade de Andaraí. O Pati ficou para trás, a caminhada segue em descidas até a cidade e Andaraí.

    misto

    Clique aqui para ver o nosso regulamento quanto a política de reservas e cancelamentos. 

  • Trekking no Vale do Pati

    Trekking Vale do Pati - O melhor do Brasil

    A quantidade de atrativos no Vale do Pati é muito grande, sendo oferecido aos visitantes diversas opções de pacotes, onde poderá optar em conhecer apenas o básico ou todas as atrações desse lugar sendo necessário permanecer mais dias.
    Veja abaixo nossas opções de pacotes.
    Faça o agendamento dos seus passeios com pelo menos uma semana de antecedência, de última hora será impossível visitar o Vale do Pati.
    O número de Vagas é Limitado.








  • Três dias

    Vale do Pati três dias

    Pacote básico de três dias com visita aos lugares mais comuns. Os visitantes vão conhecer os principais atrativos do Pati como o Cachoeirão, Morro do Castelo, Cachoeiras dos Funis e Lagedo, Mirante da Rampa e os Campos Gerais do Rio Preto, sendo uma opção para quem dispõe de pouco tempo para visitar os encantos desse paraíso.

    Faça o agendamento com antecedência, evite fechar de última hora, os leitos nas casas de apoio são limitados.

    Descrição dos roteiros dia a dia

    Dia 01 -  Transfer até o início da trilha / Serra do Rio Preto / Gerais do Rio Preto / Cachoeirão / Poço do Cachoeirão/ Casa de Apoio - A aventura começa com transporte até o início da trilha num percurso que varia de 40 a 90 km a depender do ponto de partida sendo Lençóis ou Palmeiras, em estrada de terra e ou asfalto. A caminhada inicia em nível alto com subida a Serra do Rio Preto, após a subida os visitates terão uma bela vista do percurso já andado por um lado e do outro lado avistaremos as maiores montahas do Vale do Pati, parada para contemplação e fotografias, após as fotos passagem pelos campos Gerais do Rio Preto e caminhada até o Rio Preto, a caminhada segue pelos campos gerais do Rio Preto com parada na Serra da Rampa, parada para Lanche e contemplação da vista do alto do Pati, nossos visitantes avistarão o Morro do Cruzeiro, Moro do Castelo, Morro Manoel Vitor e parte dos Campos Gerais do Vieira. Em seguida caminhada até a maior cachoeira do Pati, o Cachoeirão que é um espetáculo da natureza, a cachoeira despenca de um penhasco de 300 metros em queda livre, após visita ao Cachoeirão nossos clientes seguirão para o Mirante do Cachoeirão, em seguida banho no Poço do Cachoeirão e caminhada até a casa de apoio.

    Dia 02 - Morro do Castelo / Mirante da Lapinha / Gruta do morro do Castelo / Cachoeira dos Funis / Cachoeira do Lagedo / Poço da Altina - O dia inicia com caminhada rumo ao ponto mais elevado do Pati, o Mirante Morro do Castelo, a caminhada inicia em nível elevado até a base do Morro. Lá do alto o visitante terá uma vista completa de toda a extensão do vale encantado, avistando os Campos Gerais do Rio Preto, os Campos Gerais do Vieira, Cachoeira do Lagedo, a Serra da Rampa, as casas de apoio, a Cachoeira do Calixto, etc, em seguida visita ao mirante de baixo local de onde nossos clientes terão uma vista do Vale da Lapinha e extensão do Rio da Lapinha. Após a contemplação inicia a descida do Morro do Castelo, onde será necessário muito cuidado para evitar escorregões, após a descida, banho nas águas refrescantes da Cachoeira dos Funis e na Cachoeira do Lajedo, após os banhos e renovar as energias volta para a casa de apoio.

    Dia 03 - Mirante Serra da Rampa / Gerais do Rio preto / Rio Preto / Serra do Beco / Transfer para a cidade de Palmeiras ou Lençóis - Chega a hora de sair do vale encantado de voltar para a civilização, a caminhada do dia inicia em nível alto com subida ao Morro do Cruzeiro e subida elevada da Serra da Rampa, todo o esforço será recompensado com a bela vista que os visitantes terão lá do alto, é uma vista completa de toda a extensão do Pati onde nossos clientes avistarão do alto os lugares que visitou nos últimos dois dias como o Morro do Castelo e o Morro do Cruzeiro, após descanso e contemplação a caminhada segue en nível médio até o Rio Preto com parada para banho e lanche, em seguida a caminhada continua até a Serra do Beco e caminhada até o carro, volta para a cidade de Palmeiras ou Lençóis.

    misto

    Clique aqui para ver o nosso regulamento quanto a política de reservas e cancelamentos.

  • Vale do Pati com Buracão

    Trekking Vale do Pati / Cachoeira do Buracão - Cinco dias

    Nesse pacote os visitantes irão passar quatro dias conhecendo as belezas do Vale do Pati, e após o Trekking iremos visitar a Cachoeira do Buracão uma das mais belas da chapada, o passeio tem várias cachoeiras, visita também a Cachoeira do Buracão por cima e por baixo, além da visitação tem o banho nas águas escuras e revigorantes do Rio Jibóia e do Rio Espalhado.

    Todos os roteiros inclui: Transporte ida e volta, Alimentação completa, Hospedagem em casas de apoio, não precisa levar barracas nem sacos de dormir, Guia especializado.
    Faça o agendamento com antecedência, evite fechar de última hora, os leitos nas casas de apoio são limitados.

    Descritivo dos Passeios dia a dia

    1° Dia - Serra do Beco / Gerais do Rio Preto / Rio Preto / Mirante do Vale do Pati / Casa de apoio - Após o café da manhã inicia a aventura partindo da cidade e Lençóis ou Palmeiras com transporte até o início da trilha num percurso aproximado de 40 a 90 km em estrada de terra (a depender do nosso ponto de partida que pode ser em Lençóis ou Palmeiras). A caminhada inicia em nível alto com subida a Serra do Beco, após a subida os visitantes estarão nos campos Gerais do Rio Preto uma vasta planície de onde será possível avistar o Morro do Castelo, Morro Branco do Pati e Serra do Sobradinho, banho no Rio Preto e caminhada até o Mirante da Rampa, o cartão de boas vindas do Pati, do alto do Mirante os visitantes avistarão toda a extensão do vale, após a contemplação inicia a descida da Rampa, onde é necessário muito cuidado e atenção, após a descida da Rampa seguiremos para a casa dos nativos que nos recebem com muita hospitalidade e alegria.

     2° Dia - Morro do Castelo / Gruta do Morro do Castelo / Mirantes de Cima e de Baixo / Cachoeiras - Subida a maior elevação do Pati, o Morro do Castelo, a subida requer esforço, cuidados e atenção, após a subida os visitantes passarão por uma caverna, é a caverna do Morro do Castelo, e após atravessar a caverna os visitantes estarão no Mirante de Cima Morro do Castelo, lá do alto os visitantes terão uma vista completa do Pati pelo alto, onde avistarão os Campos Gerais do Rio Preto, Campos Gerais do Vieira, as Cachoeiras dos Funis, Cachoeira Lajedo, Calixto, Serra da Rampa e toda cadeia montanhosa que envolve o Pati. Em seguida iremos para o Mirante de Baixo do Morro do Castelo local onde teremos uma bela vista do Rio Calixto e do seu encontro com o Rio Pati. Após a contemplação inicia a descida do Morro do Castelo, depois da descida do Morro do Castelo, banho no Rio Pati e pra fechar o dia por do sol no Mirante Morro do Cruzeiro.

     3° Dia - Prefeitura / Poço da Arvore / Poço da Casa de Dona Linda / Casa de Apoio - Um dia de passeio mais leve com pouca dificuldade para os visitantes. Após o café da manhã é hora de seguiremos até a casa do morador Jailson, próximo a casa de Seu Jaílson tem uma casa que funcionava como uma subprefeitura da cidade de Andaraí, a casa existe até os dias atuais por esse motivo o local ficou conhecido como Prefeitura. Parada para fotos e contemplação do Morro do Castelo que visto da Prefeitura tem uma vista impressionante. Após contemplação seguiremos para o Poço da Árvore, com parada para banho e lanche, após banho seguiremos para o poço da casa de Dona Linda, um grande poço que no convida ao banho, ótimo para boas braçadas, após o banho seguiremos para a casa de apoio.

     4° Dia - Ladeira do Império / Serra do Ramalho / Boa Vista / Andaraí / Transfer para Ibicoara - Chega a hora de deixar o vale encantado com voltade de voltar novamente, seguiremos em direção a Ladeira do Império, a Ladeira do Império é toda calçada e tem extensão aproximada de 16 km, a caminhada inicia em nivel baixo com áreas planas, mas aos poucos a dificuldade vai aumentando até chegar no nivel alto. Ao chegar ao meio da ladeira os visitantes terão uma das mais belas vistas do Vale e também uma das mais fotografadas pelos visitantes, nesse ponto os visitantes avistarão a Serra do Sobradinho, o Morro do Castelo, o Vale do Cachoeirão, Parte do Vale dos Guaribas e até a Rampa do Caim. Ao chegar ao topo da Ladeira do Império os visitantes avistarão uma grande cachoeira e a Serra do Ramalho, a caminhada segue agora em descida com parada em um lugar conhecido como Boa Vista local de onde avistaremos a cidade de Andaraí. O Pati ficou para trás, a caminhada segue em descidas até a cidade e Andaraí, em seguida transfer para a cidade e Ibicoara com pernoite naquela cidade. 

     5° Dia - Rio Espalhado / Cachoeirinha do Buracão / Cachoeira das Orquídeas / Cachoeira do Recanto Verde / Cachoeira do Buracão / Mirante Campor Redondo / Transfer para  a cidade de Lençóis - Após o café da manhã em Ibicoara, seguiremos de carro até o início da trilha, a caminhada é plana em quase todo o seu percurso com passagem pelo Rio Espalhado, em seguida visita a Cachoeirinha do Buracão, uma réplica do atrativo principal do dia, em seguida visita a Cachoeira das Orquídeas, e a Cachoeira do Recanto Verde até chegarmos aos início do Cânion do Buracão, onde os visitantes deverão usar os equipamentos obrigatórios (Coletes salva-vidas) antes de seguira para a Cachoeira, atravessaremos o canion até avistarmos a queda d'água que despenca de uma altura de 86 metros, seguida de um grande poço que nos convida ao banho, após o banho pegaremos a mesma trilha de volta até o carro, seguuiremos de carro até o Mirane Campo Redondo, local de onde avistaremos por do sol, após o por do sol seguiremos para a cidade de Ibicoara e em seguida transfer para a cidade de Lençóis.

    misto

    Clique aqui para ver o nosso regulamento quanto a política de reservas e cancelamentos. 

  • Vale do Pati, Cachoeira da Fumaça, Cachoeira do Buracão, Poço Azul e Encantado - Pacote 8 dias

    Vale do Pati / Cachoeira da Fumaça / Cachoeira do buracão / Poço Azul e Poço Encantado - 8 dias

    Elaboramos um super pacote de 8 dias com os mais belos atrativos da Chapada Diamantina, o percurso total aproximado é de 92 km com visita a Cachoeira da Fumaça, Cachoeira do Buracão, Poço Azul, Poço Encantado e ainda tem a travessia do Vale do Pati, onde os visitantes irão conhecer os mais belos atrativos do local, visita a Cachoeira do Buracão e para fechar tem visita aos Poços Azul e o Poço Encantado.

    Trabalhamos apenas com agendamentos, não temos como atender clientes que chegam de última hora, podemos não ter disponibilidade de devido a grande procura.

    Início: Palmeiras ou Lençóis - Fim: Lençóis - Percurso de carro ida: de 40 a 90 km - Percurso total de Trilha: 80 km
    Todos os roteiros inclui: Transporte até o início da trilha, Alimentação completa, Hospedagem em casas de nativos, Hospedagem em Mucugê ou Ibicoara, Guias especializados.

    Descritivo dos roteiros dia a dia

    Dia 01 - Cachoeira da Fumaça / Rio Riachinho / Por do Sol no Morro do Pai Inácio - A aventura começa em alto estilo com transfer até o início da trilha no Vale do Capão, com caminhada inicial em nivel alto mas em seguida sobe para elevado, com subida da Serra de acesso a Cachoeira da Fumaça, após a grande subida a caminhada fica plana em quase todo o seu percurso, e segue até a Cachoeira, que é a maior da Chapada com 380 metros de queda livre, os visitantes avistam a cachoeira de uma altitude de 420 metros. Para evitar acidantes os visitantes deverão seguir rigorosamente as orientações dos guias, após contemplação da queda d'água pelo alto, seguiremos para a lateral onde avistaremos a Cachoeira de lado. Após visitação e contemplação seguiremos de volta até o carro e seguiremos até o Rio Riachinho com parada para banho e contemplação, após o banho seguiremos de volta para a cidade de Lençóis com parada no Morro do Pai Inácio local onde pegaremos o por do sol, sendo hoje o lugar mais visitado e fotografado da chapada, imperdível. Após o por do Sol volta para Lençóis. 

    Dia 02 - Serra do Beco / Gerais do Rio Preto / Rio Preto / Mirante da Rampa - Começa o trekking pelo Vale do Pati com transfer de carro até o início da trilha num percurso aproximado de 40 a 90 km. A caminhada inicia em nível alto com subida a Serra do Beco, após a subida os visitantes estarão nos campos Gerais do Rio Preto, uma vasta planície de onde será possível avistar o Morro do Castelo, banho no Rio Preto e caminhada até o Mirante da Rampa, o cartão de boas vindas do Pati, do alto do Mirante os visitantes avistarão toda a extensão do vale, após a contemplação inicia a descida da Rampa, onde é necessário muito cuidado e atenção devido ao elevado grau de inclinação, após a descida seguiremos para a casa dos nativos que nos recebem com muita hospitalidade e alegria, teremos uma convivência com os nativos do Pati, também chamado de Patiseiros. Pernoite no local. 

    Dia 03 - Cachoeirão / Córrego das Laranjeiras / Gerais do Rio Preto / Vale do Cachoeirão - A caminhada do dia começa em nivel elevado com subida ao Morro do Cruzeiro, após a subida pegaremos uma descida até o córego das laranjeiras, e subida pela Serra da Rampa até atingirmos os Campos Gerais do Rio Preto, com bela vista rumo até a maior cachoeira do Pati, o Cachoeirão com cerca de 300 metros de queda livre e um vale que deixam os visitantes encantados com a vista do local, o Vale do Cachoeirão é um dos pontos mais fotografados do Pati devido a sua grande beleza, em dias de chuva os visitantes poderão ver no Cachoeirão até 26 quedas d'água, é um espetáculo da natureza, após a visita ao Cachoeirão seguiremos para o Poço do Cachoeirão com parada para banho e refrescar. Após o banho pegaremos o caminho de volta para o alojamento. 

     

    Dia 04 - Morro da Castelo / Gruta do Morro do Castelo / Mirante de Cima / Mirante da Lapinha / Cachoeiras - Subida a maior elevação do Pati, o Morro do Castelo, a subida requer esforço, cuidados e atenção, após a subida os visitantes passarão por uma caverna, é a caverna do Morro do Castelo, e após atravessar a caverna os visitantes estarão no Mirante de Cima Morro do Castelo, lá do alto os visitantes terão uma vista completa do Pati pelo alto, onde avistarão os Gerais do Rio Preto, Gerais do Vieira, as Cachoeiras dos Funis, Lajedo, Calixto, Serra da Rampa e toda cadeia montanhosa que envolve o Pati. Em seguida iremos para o Mirante de Baixo do Morro do Castelo local onde teremos uma bela vista do Rio Calixto e do seu encontro com o Rio Pati. Após a contemplação inicia a descida do Morro do Castelo, depois da descida do Morro do Castelo, banho no Rio Pati e volta para a casa de apoio. 



    Dia 05 - Prefeitura / Poço da Árvore / Poço da Casa de Dona Linda / Casa de apoio - Um dia de passeio mais leve com pouca dificuldade para os visitantes. Após o café da manhã é hora de seguiremos até a casa do morador Jailson, próximo a casa de Seu Jaílson tem uma casa que funcionava como uma subprefeitura da cidade de Andaraí, a casa existe até os dias atuais por esse motivo o local ficou conhecido como Prefeitura. Parada para fotos e contemplação do Morro do Castelo que visto da Prefeitura tem uma vista impressionante. Após contemplação seguiremos para o Poço da Árvore, com parada para banho e lanche, após banho seguiremos para o poço da casa de Dona Linda, um grande poço que no convida ao banho, ótimo para boas braçadas, após o banho seguiremos para a casa de apoio.  

    Dia 06 - Ladeira do Império / Serra do Ramalho / Boa Vista / Andaraí / Transfer para Ibicoara - Chega a hora de deixar o vale encantado com vontade de voltar novamente, seguiremos em direção a Ladeira do Império, a Ladeira do Império é toda calçada e tem extensão aproximada de 16 km, a caminhada inicia em nivel baixo com áreas planas, mas aos poucos a dificuldade vai aumentando até chegar no nivel alto. Ao chegar ao meio da ladeira os visitantes terão uma das mais belas vistas do Vale e também uma das mais fotografadas pelos visitantes, nesse ponto os visitantes avistarão a Serra do Sobradinho, o Morro do Castelo, o Vale do Cachoeirão, Parte do Vale dos Guaribas e até a Rampa do Caim. Ao chegar ao topo da Ladeira do Império os visitantes avistarão uma grande cachoeira e a Serra do Ramalho, a caminhada segue agora em descida com parada em um lugar conhecido como Boa Vista local de onde avistaremos a cidade de Andaraí. O Pati ficou para trás, a caminhada segue em descidas até a cidade e Andaraí, em seguida transfer para a cidade e Ibicoara com pernoite naquela cidade. 

    Dia 07 - Rio Espalhado / Cachoeirinha do Buracão / Cachoeira das Orquídeas / Cachoeira do Recanto Verde / Cachoeira do Buracão / Mirante Campor Redondo / Transfer para  a cidade de Mucugê - Após o café da manhã em Ibicoara, seguiremos de carro até o início da trilha, a caminhada é plana em quase todo o seu percurso com passagem pelo Rio Espalhado, em seguida visita a Cachoeirinha do Buracão, uma réplica do atrativo principal do dia, em seguida visita a Cachoeira das Orquídeas, e a Cachoeira do Recanto Verde até chegarmos aos início do Cânion do Buracão, onde os visitantes deverão usar os equipamentos obrigatórios (Coletes salva-vidas) antes de seguira para a Cachoeira, atravessaremos o canion até avistarmos a queda d'água que despenca de uma altura de 86 metros, seguida de um grande poço que nos convida ao banho, após o banho pegaremos a mesma trilha de volta até o carro, seguuiremos de carro até o Mirane Campo Redondo, local de onde avistaremos por do sol, após o por do sol seguiremos para a cidade de Ibicoara e em seguida transfer para a cidade de Mucugê. 

     

    Dia 08 - Cemitério Bizantino / Poço Encantado / Poço Azul / Transfer para Lençóis - Após o café da manhã deixaremos a cidade de Ibicoara e seguiremos em direção a cidade de Mucugê, local onde fica o Cemitério Bizantino, único no estilo na Chapada Diamantina, após a visita ao Cemitério seguiremos para o Poço Encantado, a estrada de acesso não é boa mas todo o esforço vale muito a pena, ao chegar no local desceremos até um caverna onde está o Poço, a cor da água é azul encanta a todos os vistantes, nos meses de abril a setembro o sol atravessa parte da caverna e alcança a água, o que deixa o lugar ainda mais encantado, hoje o poço azul é um dos lugares mais visitados da chapada. Após a visitação no Poço Encantado seguiremos em direção ao Poço Azul e após cerca de 1 hora chegaremos ao Poço Azul, com banho e flutuação nas águas de um rio subterrãneo que se encontra com o Rio Paraguaçú, também nos meses de abril a setembro o raio de sol atinge a caverna e deixa o lugar ainda mais bonito. Após o banho parada para lanche e em seguida iremos para a cidade de Lençóis ou Palmeiras. 

    misto

    Clique aqui para ver o nosso regulamento quanto a política de reservas e cancelamentos.